Que tal um passeio de bonde em Santos/SP?

Passeio de bonde em Santos, litoral de São Paulo?

Quem aqui já ouviu falar dele?

passeio de bonde em santos
Passeio de bonde em Santos

É um passeio que fiz recentemente e achei bem bacana, sendo uma super dica do que fazer em Santos, além das praias, quando você estiver por lá “touristando”.

O passeio te proporciona uma verdadeira volta no tempo, pois ele percorre em bondes originais da época (século 19), parte do Centro Histórico de Santos.

Quem vê as novelas de época da rede globo, ou minisséries, sabe do que estou falando, vez que esse cantinho da cidade já serviu de cenário para várias delas, sendo tudo gravado ali mesmo, no centro.

Um só Coração em 2004, JK em 2006, Ciranda de Pedra em 2008, Onde Está Meu Coração, Hebe e Éramos Seis em 2019, são alguns exemplos de filmagens por lá.

Mas antes de falar do passeio, vamos saber um pouquinho do centro da cidade.

O Centro Histórico de Santos

O Centro é um bairro de Santos, onde a cidade nasceu, lá no ano de 1545.

Pela data, nota-se que Santos é uma das cidades mais antigas do Brasil.

O bairro fica próximo ao Porto de Santos que, por sinal, é o maior da América Latina.

O Centro de Santos é tombado como patrimônio histórico da humanidade, o que significa dizer, que o que existe lá hoje, ainda que em ruínas, não pode ser demolido, apenas revitalizado pelo proprietário da edificação ou pelo Poder Público.

E isso, por toda a história envolvida no bairro, seja pela entrada e saída de imigrantes pelo Porto, além do grande desenvolvimento da economia do Brasil na época do café ali retratada.

O maior crescimento da cidade de Santos, aconteceu em 1850 com a chegada do café, também pelo centro, onde por causa disso, por anos, foi o bairro habitado pela burguesia da cidade.

Um projeto da Prefeitura de revitalização do bairro o transformou no que é hoje, ou seja, em um belo Centro Histórico, com prédios e monumentos que representam diferentes épocas.

E então, bora saber como funciona o passeio de bonde em Santos, pelo Centro Histórico.

Como é o passeio de bonde em Santos?

É um tradicional passeio que existe na cidade desde o ano 2000, onde você consegue explorar um pouco, e de uma forma diferente – de bonde – um pedaço do centro da cidade, que é rico em história e com cantinhos cheios de peculiaridades da época do café.

Um guia vai nos acompanhando dentro do bonde durante o trajeto e contando um pouco da história do centro e seus casarões.

O passeio dura cerca de meia hora e percorre 3 km pelo centro à frente de vários pontos de interesse.

passeio de bonde em santos

Os bondes

Atualmente são 4 bondes que trabalham nesse passeio pelo Centro Histórico de Santos:

  • Bonde Aberto
  • Bonde Fechado
  • Bonde do Café
  • Bonde Arte

Todos os bondes são originais da época – século 19 – com algumas revitalizações para funcionarem nessa linha turística.

passeio de bonde em santos

Bonde Aberto

É o mais antigo de todos, datado de 1911.

Por ser um bonde aberto, antigamente, facilitava a entrada de mulheres de vestidos e saias.

bonde aberto e fechado na estacao do valongo
Bonde aberto e fechado na Estação do Valongo

Bonde Fechado

Esse bonde também é de 1911 e chamado de bonde camarão – pois é fechado e tinha cor vermelha originalmente.

passeio de bonde em santos
Bonde fechado

Bonde do Café

É de 1958 e traz a temática do café, sendo que os passageiros que pegam o bonde do café recebem essa bebida para degustação durante o passeio.

Bonde Arte

É exclusivo para eventos/locação, possuindo equipamentos para uma verdadeira festa dentro dele – cozinha, forno, microondas, cooktop, ar condicionado e banheiro.

Já pensou fazer uma “bonde party” a bordo dele? Tipo festa na limousine?

Não vi como funciona na prática mas a ideia é diferente e bacana…

Qual a diferença entre os bondes?

O tipo de trem é o diferencial – uns abertos, outros fechados, temáticos ou não.

A diferença que existe é, apenas, se você pegar o bonde temático do café, pois nele você terá direito a uma degustação de café a bordo durante o passeio.

Todo o resto é igual, seja o trajeto, seja o valor pago pelo passeio.

O trajeto do passeio de bonde em Santos

Antigamente o trajeto percorrido pelo centro da cidade era diferente entre os bondes.

Dependendo do bonde que você pegasse, o percurso poderia durar mais ou menos e passar por lugares diversos.

Além disso, a linha turística de uma maneira geral, explorava um pouco mais do centro como um todo (cerca de 5 km).

Atualmente (jan/2020) os lugares por onde o bonde passa, qualquer dos bondes, são os mesmos entre eles e estão retratados em laranja na foto abaixo, perfazendo o total de 3 km.

trajeto do passeio de bonde
Trajeto do passeio de bonde

Não há paradas durante o trajeto.

Achei o passeio muito bacana e todo o cenário que nos remete diretamente ao passado.

Pontos turísticos em Santos percorridos durante o passeio de bonde

São eles:

Estação de trem do Valongo

Ponto de partida do passeio de bonde em Santos.

A estação foi inaugurada em 1867, junto com a ferrovia que ligava a cidade de Santos à Jundiaí.

Havia o transporte de passageiros pela linha férrea, sendo o local por onde chegavam muitos imigrantes de outros países.

Santuário do Valongo

É a Igreja católica mais antiga da cidade. Fundada em 25/01/1640, toda em estilo barroco.

Vale a pena uma entrada no Santuário do Santo Antônio do Valongo, enquanto o seu bonde não sai para o passeio – ou mesmo uma visita após sair dele.

Santuário do Valongo
Santuário do Valongo
Santuário do Valongo por dentro
Santuário do Valongo por dentro

Clique aqui e saiba mais do Santuário do Valongo.

Museu Pelé

Museu dedicado ao craque de futebol, Edson Arantes do Nascimento, que muito brilhou no time santista.

O Museu Pelé fica bem em frente a Estação do Valongo, de onde partem os bondes.

Museu pele
Museu Pelé

Porto de Santos

É pequeno o percurso do porto por onde o bonde passa, mas dá para ter um gostinho do que é o maior porto da América Latina, seja pelos guindastes que vemos ao fundo ou armazéns de carga que ficam à beira da avenida portuária.

Museu do Café

Prédio construído para abrigar as operações do mercado do café (bolsa), que foi inaugurado em 1922 e que assim funcionava no passado.

Atualmente no local funciona o Museu do Café.

Alfândega

Quanta história tem esse prédio para contar, imaginem?

A construção da Alfândega tem arquitetura inspirada na Alemanha de Hitler, como a maioria dos prédios da década de 30.

Predio da Alfandega em Santos
Prédio da Alfândega

Prefeitura Municipal de Santos

Prédio lindo que teve a construção inspirada no Palácio de Versalhes, na França.

Foi inaugurado em 1939 e está localizado na Praça Mauá, a principal praça do centro da cidade.

Até hoje é o prédio que abriga o Poder Público Municipal da cidade.

Prefeitura Municipal de Santos
Prefeitura Municipal de Santos

Praça Mauá

Como disse acima, é a principal praça do centro da cidade, onde está localizada a Prefeitura.

Casa Azulejada

Com azulejos portugueses, datada à construção do ano de 1865, para servir de comércio e residência.

Essa casa foi destruída após um incêndio ocorrido na década de 50, sendo posteriormente restaurada pela Prefeitura da cidade.

Correios e Telégrafos

Prédio em estilo eclético, inaugurado em 1924. Fica bem ao lado da Prefeitura.

Convento, Igreja do Carmo e Pantheon dos Andradas

Linda e importante Igreja construída em estilo barroco, tendo o Pantheon dos Andradas bem ao lado.

É no Pantheon dos Andradas que estão os restos mortais de José Bonifácio de Andrada e Silva, o patriarca da Independência.

Casa do Trem Bélico

É o prédio público mais antigo que existe, que abrigava armamentos de guerra no passado e protegia Santos de ataques piratas.

Quando o bonde passa na frente dessa Casa, há uma “brincadeira” com o Zé Corneteiro – personagem que segue a narrativa do guia do bonde, entrando e saindo do prédio com sua corneta para entreter os passageiros.

Igreja do Rosário

Construída em 1822, que abrigou escravos durante um bom tempo no passado.

Escravos de vários cantos tinham ciência desse abrigo e, por isso, corriam para as Igreja do Rosário.

Isso aconteceu em virtude de grande parte da população de Santos da época ser contra a escravidão.

Outeiro Santa Catarina

Local que também no passado abrigou escravos.

Hoje funciona como Fundação Arquivo e Memória de Santos.

Fotos antigas na frente do Bonde

Que tal tirar uma foto antiga na frente do bonde?

Se quiser você pode pois na Estação do Valongo existe o serviço de fotógrafos que te vestem com roupas da época para fazer o seu clique.

Valor aproximado: R$ 30,00 (jan/2020).

servico de fotos no bonde
Fotos antigas

Dica para aproveitar mais o Centro Histórico de Santos

O ideal do passeio de bonde é que você o faça e depois saia percorrendo a pé o centro histórico para explorar os lugares com mais calma.

Dá para fazer o mesmo percurso caminhando tranquilamente e, ainda, conhecer alguns outros lugares pelo bairro.

Funcionamento do passeio de bonde

DIA E HORÁRIO: De terça a domingo, das 10:20 hs. (horário que sai o primeiro bonde) às 17 hs.

VALOR: R$ 7,00 inteira e R$ 3,50 meia entrada. Crianças até 5 anos não pagam. Pagamentos apenas em dinheiro.

TICKETS: os tickets são vendidos na entrada do Museu Pelé, que está bem em frente a estação do Valongo, de onde partem os bondes.

ticket passeio de bonde em Santos
Ticket do passeio

ENDEREÇO: Largo Marquês de Monte Alegre nº 2, Valongo – Centro Histórico, Santos/SP

APROVEITE E RESERVE JÁ O SEU HOTEL EM SANTOS.

E você? Já fez esse passeio? O que achou? Conta pra gente pelos comentários do blog.

Salve agora essa dica no seu pinterest e compartilhe com os amigos:

passeio de bonde em Santos

 

Compartilhe este post:

11 comentários em “Que tal um passeio de bonde em Santos/SP?”

  1. Que bacana esse passeio de bonde em Santos! Achei um charme!!!! Aqui no Rio só temos o bondinho de Santa Teresa. Faz falta um passeio assim pelo centro histórico do Rio. O interessante é que se tem uma visão geral e depois é só ir a pé nos lugares que achar mais interessantes.

    Responder

Deixe um comentário

7 + 3 =