Que tal visitar lugares que envolvam, de alguma forma, toda a cultura japonesa em São Paulo, capital?

Nada mal fazer um turismo temático, não é mesmo? Eu super curto e mais ainda se tour estiver voltado a uma cultura da qual eu sou apreciadora, como a japonesa, no caso.

Assim como eu, sei que existem muitas pessoas que também curtem essa cultura milenar, onde a tradição e a modernidade partem de braços dados e, por isso, resolvi fazer um post sobre o assunto, dando dicas de 3 lugares na cidade de São Paulo que valem a sua visita, principalmente se a ideia for ter um conhecimento mais a fundo dessa cultura que tanto encanta a todos.

QUE LUGARES NÃO PODEM FALTAR NO MEU ROTEIRO PARA EXPLORAR A CULTURA JAPONESA EM SÃO PAULO?

1- MUSEU HISTÓRICO DA IMIGRAÇÃO JAPONESA

Nada mal começar a explorar a cultura japonesa em São Paulo com um pouco da história da imigração, não é mesmo?

E é isso que você vai ter visitando o Museu Histórico da Imigração Japonesa, que fica no 7º, 8º e 9º andar do Bunkyo – Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e Assistência Social, no bairro da Liberdade, na cidade de São Paulo.

cultura japonesa em São Paulo

Museu Histórico da Imigração Japonesa

Museu da Imigração Japonesa - cultura japonesa em São Paulo

Museu Histórico da Imigração Japonesa

Lá você terá um verdadeiro “remember” ou conhecimento da história da imigração, que em 2018 completou os seus 110 anos, e essa imersão acontecerá pela exposição dos quase 100.000 itens que contém o acervo do Museu e que estão distribuídos nos seus 3 andares.

Para quem não sabe, foi lá no ano de 1908 que chegou ao Brasil o 1º navio – Kasato Maru – trazendo os japoneses ao país e que entraram pelo porto de Santos e aqui criaram raízes.

É claro que antes disso outros japoneses aqui já haviam estado para negociar a vinda das famílias do Japão para o Brasil mas, de fato, somente em 1908 a imigração aconteceu.

Tudo está retratado no Museu da Imigração Japonesa, voltando você na história através de objetos, vestimentas, documentos, retratos em cenários, incluindo o pré e o pós guerra e a vinda das empresas japonesas ao Brasil, absorvendo você a mensagem de uma maneira bastante interessante ao caminhar por ali.

Além disso, uma réplica do navio que trouxe os primeiros imigrantes para cá também poderá ser vista por lá, bem como itens relacionados ao trabalho agrícola dos japoneses e primeiramente nas fazendas de café aqui no Brasil, observando-se toda a ascensão e mutação do povo durante o tempo.

Museu da Imigração Japonesa - cultura japonesa em São Paulo

Museu Histórico da Imigração Japonesa

Museu da Imigração Japonesa - cultura japonesa em São Paulo

Museu da Imigração Japonesa

Museu da Imigração Japonesa - cultura japonesa em São Paulo

Lídia Yamashita carinhosamente nos guiando pelo museu

Museu da Imigração Japonesa - cultura japonesa em São Paulo

Bonecas japonesas – Museu da Imigração

Museu da Imigração Japonesa - cultura japonesa em São Paulo

Esporte referendado – Museu da Imigração

Museu da Imigração Japonesa - cultura japonesa em São Paulo

Museu da Imigração Japonesa – cultura japonesa em São Paulo

E é lógico que o bairro da Liberdade na cidade de São Paulo também teria que estar ali representado de alguma forma – e está –  afinal de contas foi onde ocorreu a ocupação dos japoneses na zona urbana, sendo o maior reduto dos nikkeis até os dias de hoje.

cultura japonesa em São Paulo

Rua Conde de Sarzedas no Bairro da Liberdade

Vá até o museu, explore os seus andares com tempo e aprofunde o seu conhecimento, sendo um dos lugares que eu considero de indispensável passeio para quem está afim de curtir um pouco mais dessa cultura, devendo ser o start, inclusive, para os demais lugares que abaixo indicarei.

Localização: Rua São Joaquim nº 381, Liberdade, São Paulo.

Funcionamento: de terça a domingo, das 13:30hs às 17hs.

Entrada: R$ 12,00 (nov/2018).

2- PAVILHÃO JAPONÊS

Já passou pela história, que tal agora um pouco arquitetura, natureza e relaxamento?

É isso que você vai encontrar ao visitar o Pavilhão Japonês.

O Pavilhão Japonês fica dentro do Parque do Ibirapuera, conhecido e grande parque arborizado na cidade de São Paulo e o portão de acesso mais próximo para nele se chegar é o de número 10.

Pavilhão Japonês - cultura japonesa em São Paulo

Pavilhão Japonês – cultura japonesa em São Paulo

Indo conhecer o Pavilhão Japonês você poderá apreciar de perto a arquitetura japonesa e a famosa técnica de encaixe modular, na medida em que a construção dele assim foi feita, além dos materiais também terem sido trazidos diretamente do Japão (até o barro veio de lá).

Tal construção foi feita em 1954 pelo Governo Japonês e pela comunidade japonesa que aqui se encontrava e representa o laço de amizade entre os dois países, no caso Brasil e Japão.

Confesso que eu fiquei chocada ao ver de perto a arquitetura “encaixada” dos japoneses que encontrei no Pavilhão vez que nada por ali leva pregos. Até brinquei um pouquinho com algumas “pecinhas” que ali estavam representando a técnica e fiquei só imaginando a grandiosidade de toda uma construção “em pé” daquela forma. Verdadeiramente incrível!!!

salão no Pavilhão Japonês - cultura japonesa em São Paulo

salão no Pavilhão Japonês

teto do pavilhão japones - cultura japonesa em São Paulo

teto do Pavilhão com a técnica de encaixe

Pavilhão japonês - cultura japonesa em São Paulo

Peças para “brincadeiras” de encaixe

O Pavilhão Japonês é composto por uma casa principal, que foi inspirada no Palácio Katsura, residência de verão do Imperador em Quioto, lindos jardins representando também as 2 culturas – brasileira e japonesa – e um lago de carpas.

Além da arquitetura e da mistura dos dois países num lugar só, você poderá apreciar algumas exposições de objetos típicos desse país que impressiona por toda a tradição e orgulho de seus descendentes e passar alguns momentos bem agradáveis.

O local é bastante tranquilo e super bem cuidado, trazendo uma paz interior muito bacana, valendo a pena a sua visita por essa razão e para se aprofundar um pouco mais também pelo que existe da cultura japonesa em São Paulo.

jardim do Pavilhão Japonês - cultura japonesa em São Paulo

um pouco do jardim do Pavilhão Japonês

jardim do Pavilhão Japonês - cultura japonesa em São Paulo

um pouco do jardim do Pavilhão Japonês

lago com carpas - Pavilhão Japonês - cultura japonesa em São Paulo

lago com carpas – Pavilhão Japonês

Localização: Parque do Ibirapuera, Av. Pedro Alvares Cabral s/nº, São Paulo.

Funcionamento: quarta feira, sábado, domingo e feriados, das 10hs. às 12hs. e das 13hs. às 17hs.

Entrada (nov/2018):

  • adulto R$ 10,00;
  • estudante com carteirinha, idosos a partir dos 60 anos e crianças de 5 a 12 anos – R$ 5,00;
  • crianças até 4 anos não pagam.

3- JAPAN HOUSE

E lá vem mais uma criação incrível do Governo Japonês – a Japan House – e a de São Paulo foi a pioneira das casas, que hoje já existe em Londres e Los Angeles.

Mais um lugar para você conhecer um pouco mais da cultura japonesa em São Paulo e que lá está para propagar a tradição em conjunto com o futuro através da arte.

É isso mesmo: Brasil e Japão juntos, assim como o milênio e a modernidade. Tem binômio mais legal?!

O interessante da casa já começa na sua faixada, onde é mostrado, mais uma vez, o intercâmbio entre o Brasil e o Japão na própria arquitetura, vez que presentes as tais técnicas de encaixe mesclando com a arte nordestina dos cobogós.

Japan House - cultura japonesa em São Paulo

Faixada da Japan House com técnicas de encaixe e cobogós

Visitando a Japan House você vai encontrar um casa dedicada a arte em exposições de temas diversos, workshops, seminários e palestras e o mais legal de tudo isso é que a entrada é gratuita – consulte a agenda do site para ficar por dentro do que está acontecendo por lá no momento da sua visita.

As exposições que acontecem na Japan House são periódicas, tendo duração de 3 a 4 meses, e então se você já esteve por lá calcule esse tempo e vá de novo pois com certeza nessa nova visita você será imerso à uma arte totalmente diferente da que anteriormente conheceu.

Quando eu estive por lá da ultima vez pude apreciar duas grandiosas exposições: de NONOTAK – DIMENSÃO, com provocação no visual e sensorial das pessoas através da arte e a AROMAS E SABORES, esta última totalmente interativa.

Foram duas experiências bem diferentes e bacanas em um único momento.

Destaque para a exposição AROMAS E SABORES que permitia a participação de todos os visitantes em um passeio lúdico, onde as pessoas deviam adivinhar cheiros e sabores japoneses apenas com o paladar ou olfato, sem interferência da visão, por exemplo, imergindo na cultura, desta forma, através dos sentidos.

Japan House - cultura japonesa em São Paulo - Aromas e Sabores

Exposição Aromas e Sabores – Japan House

Japan House - cultura japonesa em São Paulo - Aromas e Sabores

Aromas e Sabores – Japan House

Essa exposição fez tanto sucesso que acabou ficando além do tempo previsto para o encerramento, tendo eu a sorte de ainda estar por lá no último dia e brincar um pouquinho de comer balinhas e adivinhar o sabor sem ser induzida pela cor.

Japan House - cultura japonesa em São Paulo - Aromas e Sabores

Balas de uma mesma cor para as pessoas adivinharem o sabor

Japan House - cultura japonesa em São Paulo - Aromas e Sabores

Labirinto de fragrâncias de uma mesma cor para adivinhação de um cheiro específico de árvore

Além disso a Japan House conta com uma biblioteca, livraria e uma cafeteria que, seguindo a proposta inicial de integração entre os países e o passado e futuro, a arquitetura interna também traz esse conceito, onde todos os ambientes são integrados, o que significa que mesmo que você não compre nada você poderá apreciar o ambiente como um todo, o que faz parte da arte.

Japan House - cultura japonesa em São Paulo

Integração de ambientes – Japan House

Japan House - cultura japonesa em São Paulo

Integração de ambientes

E é lógico que eu não posso falar da Japan House sem contar do banheiro da casa, que é um caso a parte e merece a sua visita. Sabe aquelas privadas todas cheias de botões que a gente vê em filme (eu pelo menos só assim tinha visto antes)… então, lá estão elas para você conhecer de pertinho também essa “tradição japonesa ultra moderna” e testar a experiência de, por exemplo, um assento aquecido, por que não?  : )

E olha que bacana mais essa integração das artes das duas culturas e países que se tem da calçada em um só clique – Kobra + Japan House:

Japan House - cultura japonesa em São Paulo

Arte do Kobra e Japan House

Lindo né?!

Localização: Av. Paulista nº 52, São Paulo e a estação de metrô mais próxima é a Brigadeiro.

Funcionamento: de terça a sábado das 10hs às 22hs; domingos e feriados das 10hs às 18hs.

Eu estive por todos esses lugares durante o II Japão.br, que foi um encontro de blogueiros que reuniu 15 blogs de viagem para explorar a cultura japonesa pela cidade de São Paulo.

Amei a experiência e lugares por onde passei e por isso compartilho com vocês, que querem curtir também um pouco mais dessa cultura milenar na capital do estado.

Quer saber mais como foi o nosso encontro do Japão.br? É só seguir esse link…

E seu você quiser saber um pouco mais sobre a essência e valores da cultura japonesa, sugiro a leitura desse lindo artigo da Patrícia, do blog Bagagem de Memórias.

E você? Já esteve por algum desses lugares? O que achou? Conta pra gente pelos comentários daqui do blog…

E agora que tal pinar essa dica no seu pinterest?

Japan House - cultura japonesa em São Paulo

Japan House – cultura japonesa em São Paulo

Parceiros do Japão.br:

Rodape Japao.br

Ro

Bora viajar com o Top 5 Tour?

É só clicar nos links dos parceiros do blog aqui embaixo, que você acessa os serviços com tranquilidade, não pagando nada mais por isso.

Hospedagem: Booking.com

Seguro de viagem: Seguros Promo

Alugue um carro: RentCars.com

Passagens aéreas: Menor preço

Cruzeiros: LogiTravel

Resumo
Dicas de 3 lugares para curtir a cultura japonesa em São Paulo
Nome do artigo
Dicas de 3 lugares para curtir a cultura japonesa em São Paulo
Descrição
Quer fazer um tour temático voltado à cultura japonesa em São Paulo? Clica que eu te dou dicas de 3 lugares de indispensável visita.
Autor
Publicado por
Andrea - Top 5 Tour