Antes de mais nada, aviso aos desavisados – como eu rsrs – que Tigre é uma cidade a 30km de Buenos Aires (e não um simples bairro).

 

Antes de fazer o tal passeio, ouvi muitas pessoas dizendo que valia a pena conhecer a cidade de Tigre, principalmente se você fosse até lá com o Trem de La Costa e voltasse de barco, descendo em Puerto Madero.


Foi isso que planejei no dia que reservei para o passeio. Ida de Trem e volta de Barco. Chiquérrimo!!


Iniciei o passeio da seguinte forma:


Peguei o metrô na estação Perú até Lima (linha verde – A). A estação Perú é bem belezinha, com o trem todo estilizado “de antigamente”.
Peguei a baldeação até Retiro (linha azul – C).
Comprei o bilhete do Trem Metropolitano para chegar em Mitre/Maipú (a visão durante este trajeto não é nada turística).
Chegando em Mitre/Maipú, peguei o Trem de La Costa até Delta/Tigre.

Pronto. Chegamos lá.

Trem do metrô da estação Perú – Buenos Aires
Quando você compra o bilhete do Trem de La Costa, você já pode optar em comprar a volta. (como, a princípio, a minha idéia era voltar de barco, não comprei).
O Trem de La Costa é bem diferente do Trem Metropolitano. Este sim é turístico – confortável e com ar condicionado. O trajeto nele até Tigre dura 30 minutos aproximadamente e é bacana porque vai margeando o Rio da Prata. http://www.trendelacosta.com.ar/

Trem de La Costa
Durante todo o trajeto existem estações com alguma coisa a oferecer, ou com restaurante, ou com feirinhas, enfim…você pode descer em qualquer uma ou em todas elas e ficar esperando até o próximo trem passar (30 em 30 minutos).
Eu desci na tão falada estação San Isidro. Já digo: tomei um café e andei um pouquinho por lá. Tem feira, restaurante, um “quase shopping”. Ok. Bonitinho e só!! Não vi nada de tão fantástico assim!!.
Esperei o próximo trem chegar e fui direto até Tigre. (não desci em mais nenhuma estação).
Chegando em Tigre você já se depara com o Parque de La Costa (um parque de diversões “tipo” Playcenter) e com o Trilenium Cassino, http://www.trileniumcasino.com.ar/ (e com feiras de artezanato também).
Como disse antes, a idéia inicial era conhecer o cassino e pegar o tal barco para voltar para Buenos Aires, descendo em Puerto Madero – Você pode contratar isso na hora. É um passeio que demora umas 4 horas aproximadamente.
Porém, contudo, entretanto, todavia…ao me deparar com o Parque de La Costa, não resisti…tive que comprar entrada e ficar horas brincando “de montanha russa”…
Posso falar: acho que estava enferrujada pois sempre andei muito de montanha russa e nada acontecia…só que, para minha suspresa, o salompas foi  o meu melhor amigo no dia seguinte….não desgrudou do meu pescoço nem por um momento!!! Pois é…a idade passa e a gente não percebe…rs.

Parque de La Costa
Parque de La Costa
Parque de La Costa
Quando o parque está para fechar, no final do dia, tem queima de fogos.
Foi só depois de tudo isso que fui ao Cassino – grande, com bastante opções de jogos.
Cassino Trilenium
Acabei voltando a Buenos Aires com o Trem de La Costa. A idéia “chiquetê” ficou para uma próxima visita…
Atenção, se você pretende fazer esse passeio, verifique os horários do trem (ida e volta).
Ida – segunda a sexta – saídas das 7:20 às 21:00 hs.
      – sábados e domingos – das 8:30 às 22:00 hs.
Volta – segunda a sexta – saídas das 6:50 às 20:30 hs.
          – sábados e domingos – das 8:00 as 21:30 hs.
Preço – AR$ 30,00 ida e volta.
Passeio diferente, aos arredores de Buenos Aires e que vale a pena. Fica a dica.