Vai ter cruzeiro marítimo pelo Brasil SIM! Novas regras

Sim…vai ter cruzeiro marítimo pelo Brasil ainda nesse ano, pela temporada 2021/2022.

Pois é minha gente, depois de longo e tenebroso inverno, ou melhor, pandemia, enfim, foi aprovada a volta dos cruzeiros marítimos pelas águas brasileiras.

E então, se o seu sonho de fazer aquela viagem de navio ainda existe, saiba que você poderá realizar ainda esse ano de 2021, pois o primeiro navio aqui chegará já em novembro.

cruzeiro maritimo pelo brasil
Cruzeiro Maritimo pelo Brasil – imagem G1

Cruzeiro Marítimo pelo Brasil

Finalmente, após a luta de diversos órgãos do setor de turismo, o Governo aprovou a volta dos Cruzeiros Marítimos pelo Brasil, confirmando, assim, que a temporada de 2021/2022 vai ser realizada pelas Cias Marítimas e que começa, como já disse acima, em novembro de 2021, quando chega o primeiro navio aqui pelo país.

A previsão era de que essa retomada das viagens de navio acontecesse no ano passado, segundo semestre. Demorou um pouco mais do que o previsto mas, o importante é que elas agora acontecerão “sim senhor”!

Porém, como ainda estamos vivendo na pandemia, que muito mais controlada, naturalmente, diante da vacinação da população, regras estarão vigentes dentro do barquinho, trazendo algumas diferenças a bordo e que vocês precisam ficar por dentro antes de embarcar.

E quais são essas regras ou diferenças/novidades que terão nas viagens de navio?

Vamos a elas…

Novidades para as viagens de navio com a aprovação da temporada brasileira

Cruzeiros de travessia estão proibidos

Sim, os navios de cruzeiro que virão de outros países para o Brasil, para aqui realizar a temporada de verão – 2021/2022, assim farão sem passageiros, somente com a tripulação a bordo, pois dita a regra que ninguém poderá chegar ao Brasil pelo mar.

Itinerário somente pelo Brasil

Os cruzeiros marítimos que fazem a nossa temporada aqui pelo Brasil tem o costume de colocar como destino em suas viagens a cidade de Buenos Aires na Argentina, ou mesmo Montevideo e Punta del Este no Uruguai.

Diante do que foi aprovado para que a temporada por aqui acontecesse, esse itinerário para fora do país não acontecerá, devendo os navios navegarem, apenas, por portos brasileiros.

Dessa forma, as viagens com destino a outros países da América do Sul serão modificadas, devendo aquela cidade internacional ser substituída por alguma outra aqui no Brasil ou mesmo cancelado o destino e/ou aquela parada do navio.

Uso de máscara durante a viagem

Sim, será obrigatório o uso de máscara durante todas a viagem, nas áreas comuns do navio.

Número de passageiros reduzido

O número de passageiros será reduzido a bordo, mesmo porque haverá algumas mudanças dentro do navio e que com muitos passageiros ficará inviável de ser atendida, como por exemplo o acesso reduzido as áreas comuns do navio.

Por causa disso os horários das refeições serão aumentados, assim como a mesa dos restaurantes não poderão ser compartilhadas com pessoas desconhecidas.

Check in

O check in será feito de forma online para evitar aglomeração.

Teste Covid

Para embarcar os navegantes deverão apresentar resultado negativo através do teste de Covid.

Paradas dos navios

Saiba que se você quiser descer do navio durante as paradas, somente poderá fazer através das excursões que o próprio navio oferece, não podendo descer por conta própria.

Demais regras para os cruzeiros marítimos pelo Brasil

Outras regras e demais protocolos de segurança ainda estão para serem aprovados, seja pela Cia Marítima, seja pela Anvisa e também por algumas cidades de parada dos navios.

Por enquanto o que temos é isso, não muito agradável, é verdade, mas necessário diante do período que ainda nos encontramos e, como sabem, novidades eu trago aqui para vocês.

CLIQUE NO LINK E ADQUIRA O SEU GUIA PRÁTICO DO CRUZEIRO MARÍTIMO.

E aí? Você vai viajar de navio mesmo assim? O que acha dessas diferenças? Será que vai dar para aproveitar do mesmo jeito? Conta pra mim pelos comentários do blog.

E salve essa dica no seu pinterest:

viagem de navio pelo brasil

 

Compartilhe este post:

Deixe um comentário