PID
Dependendo do lugar que você vai, não há nada a fazer para dirigir no exterior, a não ser ter a sua própria CNH aqui do Brasil.


É isso mesmo gente….


Se você vai viajar e pretende alugar um carro, precisará saber, apenas, se o local de destino aceita/exige a PID – Permissão Internacional para Dirigir ou Carteira Internacional de Habilitação.


Para tirar a PID é muito fácil. É só ir diretamente no Detran da sua cidade, ou solicitar pelo site.

Para fazer o pedido pela internet, você deverá se cadastrar no site do DETRAN e preencher um formulário com algumas informações. Após isso, deverá efetuar o pagamento da taxa respectiva. O valor da taxa varia de Estado para Estado (pagamento em GARE – também dá para fazer o pagamento pela internet, diretamente no site do Banco).

Pronto, é só aguardar que a PID chegará pelos correios em sua casa (até 7 dias).

Mas se em vários lugares não há necessidade de portar a PID, porque tirar?

Bom, a PID foi criada para facilitar a comunicação entre a autoridade estrangeira e o condutor do veículo, na medida em que as informações que nela constam possem tradução para várias línguas. Ou seja, foi criada para evitar (ou tentar evitar) burocracias ao motorista no estrangeiro.

Mais de 100 países aceitam a PID – clique aqui e confira a lista.

Recomento aos viajantes com destino a Europa providenciarem a PID.

Segundo informações do site do DETRAN – SP, o prazo de validade da PID é o mesmo de sua CNH. Portanto, se sua CNH está para vencer, você terá que renova-la antes de solicitar a PID.

E você? Viaja com a PID em mãos? Já encontrou algum problema em que ela lhe salvou? Deixe seu comentário.

Please follow and like us: