Red Light District significa o Bairro da Luz Vermelha.

Você sabia que a prostituição é legalizada em Amsterdam como, aliás, em toda a Holanda?

Sim touristas, é…

Lá as prostitutas tem direitos e deveres, pagam impostos como qualquer outro profissional e trabalham com o corpo para se sustentar, porém, sem cafetões (isso sim é proibido).

E lá estão elas concentradas no Red Light District, nos prédios de arquitetura tradicional de Amsterdam, em seus espaços (que são alugados por elas), cada mulher em uma janela, ofertando o trabalho para quem passar pela rua.

Em Amsterdam as prostitutas não estão somente nesse Distrito, mas é lá que a grande maioria se concentra.

Red Light District - Amsterdam

Red Light District – Amsterdam

O bairro, por si só, já atrai bastante touristas, pela curiosidade e não pelo “mercado” em si. Muitos homens, é claro, mas o passeio é obrigatório por lá e todos vão numa boa.

Olha como “bomba de gente” por lá:

Passeando pela rua do canal – principal do bairro, e também pelas menores paralelas, nota-se que tem oferta para todos os gostos: mulheres altas, baixas, loiras, morenas, com seios fartos ou não, todas de lingerie ou biquinis nas “vitrines” vermelhas, esperando o próximo cliente entrar para trabalhar.

E pensa que o pessoal se intimida de procurar pela “mercadoria” pela movimentação do lugar?

Que nada! Os interessados abrem as portas tranquilamente e negociam os preços diretamente com a profissional que, se for trabalhar, fecha a cortina da vitrine para mostrar que está indisponível naquele momento.

E todo o bairro é uma graça, aliás, como todos os cantos de Amsterdam, sendo que as casas das luzes vermelhas se entrelaçam com bares, shows de strip tease, lojas, restaurantes, prédios residenciais e até igrejas e todos convivem numa boa.

Red Light District - Amsterdam

Red Light District – Amsterdam

E sem fotos touristas, essa observação está espalhada por todos os cantos de lá (mas ao longe a gente consegue tirar algumas sem chamar a atenção).

Além do próprio passeio pelo bairro ser interessante e, como eu disse, bastante procurado por todos, há ali também um museu que conta toda a história do Distrito da luz vermelha e a evolução da profissão, o Red Light Secrets. Não cheguei a visitar o museu por dentro mas algumas pessoas que foram disseram que também é um passeio interessante.

Então já sabe, estando em Amsterdam não deixe de visitar o tão famoso bairro da luz vermelha de lá, mesmo que a sua curiosidade seja apenas turística…rs.

 

Please follow and like us: