Lisboa: o incrível Mosteiro dos Jerônimos

Chegou a vez de falarmos um pouco mais sobre o Mosteiro dos Jerônimos.

Primeiramente, é um outro passeio que não pode faltar no seu roteiro, como não falta no de nenhum turista que passa por Lisboa.

Por essa razão, também listei o Mosteiro dos Jerônimos como um dos 16 passeios indispensáveis para se fazer por lá.

O que é o Mosteiro dos Jerônimos em Lisboa?

Com uma história rica, que vai além da arquitetura que, a parte, é incrivelmente deslumbrante, em 1983 foi declarado Patrimônio Mundial pela Unesco, assim como a linda Torre de Belém, além de uma das 7 maravilhas de Portugal (e bota maravilha nisso).

A obra do Mosteiro foi erguida em 1496 a mando de D. Manoel I, para perpetuar a memória de D. Henrique e para que os monges, que ali habitavam, rezassem aos navegadores portugueses, que das águas do Rio Tejo, bem na frente do Mosteiro, partiam aos descobrimentos.

E as imagens do lugar falam por si só…

Mosteiro dos Jerônimos - Lisboa
Mosteiro dos Jerônimos – Lisboa
Igreja do Mosteiro - Lisboa
Igreja do Mosteiro – Lisboa
Igreja do Mosteiro - Lisboa mosteiro dos jerônimos
Igreja do Mosteiro – Lisboa
Igreja do Mosteiro - Lisboa
Igreja do Mosteiro – Lisboa
Igreja do Mosteiro - Lisboa
Igreja do Mosteiro – Lisboa
Mosteiro dos Jerônimos - Lisboa
Mosteiro dos Jerônimos – Lisboa

Linda demais a arquitetura no estilo manuelito, por dentro e por fora, toda trabalhada em detalhes e por todos os cantos, tanto do Mosteiro quanto da Igreja, que sim, claro, faz referência aos descobrimentos e deve ser apreciada com calma.

É dentro da Igreja do Mosteiro dos Jerônimos que estão os túmulos de Vasco da Gama e Luiz de Camões – será que alguém já ouviu falar neles (???), dentre outros “poucos” conhecidos na história do mundo.

tumulo de Vasco da Gama - Mosteiro dos Jerônimos
tumulo de Vasco da Gama – Mosteiro dos Jerônimos
tumulo de Vasco da Gama - Mosteiro dos Jerônimos
tumulo de Vasco da Gama – Mosteiro dos Jerônimos

Faça a visita aos dois lugares: Mosteiro e Igreja

Para a visitação ao Mosteiro é cobrado o valor de 10,00 euros, enquanto a entrada apenas na Igreja é gratuita.

São duas filas que se formam, uma para o Mosteiro e outra para a Igreja. A fila para entrar na Igreja é mais rápida e dinâmica que a do Mosteiro.

Portanto, reserve um tempo do seu dia para fazer esse passeio e conheça as 2 obras.

Localização e horário de funcionamento

O Mosteiro está localizado no bairro de Belém, na Praça do Império em Lisboa.

Para maiores informações consulte o site oficial: www.mosteirojeronimos.gov.pt

Compre já o seu ingresso SEM FILA para o Mosteiro dos Jerônimos nesse link.

Aberto todos os dias das 10:00 às 18:00 hs. e todos os ônibus passam pela região, sendo ponto de parada também dos tais ônibus de turismo (os conhecidos de 2 andares).

E você? Conhece o Mosteiro? O que achou?

Agora aproveite e salve essa dica no seu pinterest para consultar quando quiser:

O Mosteiro dos Jerônimos em Lisboa
O Mosteiro dos Jerônimos em Lisboa

Compartilhe este post:

12 comentários em “Lisboa: o incrível Mosteiro dos Jerônimos”

  1. Compramos os ingressos aqui no Brasil e qdo a guia nos levou ao Mosteiro ele estava fechado. Não abre as segundas feiras como nenhum museu em Lisboa. A agencia não nos devolveu o dinheiro. Muito chato. Vai ficar para a próxima.

    Responder
  2. Lisboa, a linda Lisboa que saudades que dá! Quando saímos do Mosteiro resolvemos pegar um bonde hahaha. A gente não sabia se ia conseguir andar no 25, então resolvemos andar naquele mesmo já que havíamos comprado o cartão transporte… Fomos parar num canto de Lisboa que até hoje não sei direito onde é. Tivemos que descer do bonde, andar um monte, pegar um ônibus para voltarmos para a região próxima do hotel, mas foi divertido.
    Depois andamos no 25 🙂

    Responder
    • kkkkk…imagino a situação…. Na hora não é nada agradável mas lembrar depois dá até saudades, fala verdade?! rsrs… Adorei saber. Obrigada pela visita.

      Responder
  3. Realmente incrível! Acho que não tem outra palavra para definir, né? Eu fui e fiquei encantada com cada detalhe desse lugar. Adorei rever e relembrar tudo com o seu texto.

    Responder

Deixe um comentário

1 + quinze =