Lisboa: o incrível Mosteiro dos Jerônimos

Chegou a vez de falarmos um pouco mais sobre o Mosteiro dos Jerônimos.

Primeiramente, é um outro passeio que não pode faltar no seu roteiro, como não falta no de nenhum turista que passa por Lisboa.

Por essa razão, também listei o Mosteiro dos Jerônimos como um dos 16 passeios indispensáveis para se fazer por lá.

O que é o Mosteiro dos Jerônimos em Lisboa?

Com uma história rica, que vai além da arquitetura que, a parte, é incrivelmente deslumbrante, em 1983 foi declarado Patrimônio Mundial pela Unesco, assim como a linda Torre de Belém, além de uma das 7 maravilhas de Portugal (e bota maravilha nisso).

A obra do Mosteiro foi erguida em 1496 a mando de D. Manoel I, para perpetuar a memória de D. Henrique e para que os monges, que ali habitavam, rezassem aos navegadores portugueses, que das águas do Rio Tejo, bem na frente do Mosteiro, partiam aos descobrimentos.

E as imagens do lugar falam por si só…

Mosteiro dos Jerônimos - Lisboa
Mosteiro dos Jerônimos – Lisboa
Igreja do Mosteiro - Lisboa
Igreja do Mosteiro – Lisboa
Igreja do Mosteiro - Lisboa mosteiro dos jerônimos
Igreja do Mosteiro – Lisboa
Igreja do Mosteiro - Lisboa
Igreja do Mosteiro – Lisboa
Igreja do Mosteiro - Lisboa
Igreja do Mosteiro – Lisboa
Mosteiro dos Jerônimos - Lisboa
Mosteiro dos Jerônimos – Lisboa

Linda demais a arquitetura no estilo manuelito, por dentro e por fora, toda trabalhada em detalhes e por todos os cantos, tanto do Mosteiro quanto da Igreja, que sim, claro, faz referência aos descobrimentos e deve ser apreciada com calma.

É dentro da Igreja do Mosteiro dos Jerônimos que estão os túmulos de Vasco da Gama e Luiz de Camões – será que alguém já ouviu falar neles (???), dentre outros “poucos” conhecidos na história do mundo.

tumulo de Vasco da Gama - Mosteiro dos Jerônimos
tumulo de Vasco da Gama – Mosteiro dos Jerônimos
tumulo de Vasco da Gama - Mosteiro dos Jerônimos
tumulo de Vasco da Gama – Mosteiro dos Jerônimos

Faça a visita aos dois lugares: Mosteiro e Igreja

Para a visitação ao Mosteiro é cobrado o valor de 10,00 euros, enquanto a entrada apenas na Igreja é gratuita.

São duas filas que se formam, uma para o Mosteiro e outra para a Igreja. A fila para entrar na Igreja é mais rápida e dinâmica que a do Mosteiro.

Portanto, reserve um tempo do seu dia para fazer esse passeio e conheça as 2 obras.

Localização e horário de funcionamento

O Mosteiro está localizado no bairro de Belém, na Praça do Império em Lisboa.

Para maiores informações consulte o site oficial: www.mosteirojeronimos.gov.pt

Compre já o seu ingresso SEM FILA para o Mosteiro dos Jerônimos nesse link.

Aberto todos os dias das 10:00 às 18:00 hs. e todos os ônibus passam pela região, sendo ponto de parada também dos tais ônibus de turismo (os conhecidos de 2 andares).

E você? Conhece o Mosteiro? O que achou?

Agora aproveite e salve essa dica no seu pinterest para consultar quando quiser:

O Mosteiro dos Jerônimos em Lisboa
O Mosteiro dos Jerônimos em Lisboa

Compartilhe este post:

12 comentários em “Lisboa: o incrível Mosteiro dos Jerônimos”

  1. Compramos os ingressos aqui no Brasil e qdo a guia nos levou ao Mosteiro ele estava fechado. Não abre as segundas feiras como nenhum museu em Lisboa. A agencia não nos devolveu o dinheiro. Muito chato. Vai ficar para a próxima.

  2. Lisboa, a linda Lisboa que saudades que dá! Quando saímos do Mosteiro resolvemos pegar um bonde hahaha. A gente não sabia se ia conseguir andar no 25, então resolvemos andar naquele mesmo já que havíamos comprado o cartão transporte… Fomos parar num canto de Lisboa que até hoje não sei direito onde é. Tivemos que descer do bonde, andar um monte, pegar um ônibus para voltarmos para a região próxima do hotel, mas foi divertido.
    Depois andamos no 25 🙂

    • kkkkk…imagino a situação…. Na hora não é nada agradável mas lembrar depois dá até saudades, fala verdade?! rsrs… Adorei saber. Obrigada pela visita.

  3. Realmente incrível! Acho que não tem outra palavra para definir, né? Eu fui e fiquei encantada com cada detalhe desse lugar. Adorei rever e relembrar tudo com o seu texto.

Deixe um comentário