A casa da Anne Frank: “Vivo, impactante, latente… Para sempre a vida dela em todas as nossas!”

Comentário por mim deixado no livro de visitas da Casa da Anne Frank em Amsterdam

Foi assim que eu vi e deixei registrado no livro de visitas oficial do site, a minha ida até a Casa da Anne Frank em Amsterdam.

Clique aqui e veja o comentário no site.

Indescritível e de obrigatória visita é conhecer um pouco mais da história real dessa garotinha judia e que conquistou o mundo através do livro publicado em diversas línguas.

Anne Frank House

Perseguida durante a segunda guerra mundial, como todas as famílias judias, o Pai de Anne Frank – Otto – transformou o prédio anexo à sua residência (o anexo secreto) em um esconderijo para fugir dos nazistas, vivendo lá, com mais 07 outras pessoas, por dois anos, até o momento em que um vizinho dedurou, indo todos para o campo de concentração com o fim que já sabemos. O Pai de Anne foi o único que sobreviveu.

Durante esse período de confinamento, Anne relatou sua vida em seus diários e que depois virou o tal livro de sucesso mundial: “O Diário de Anne Frank”.

Tem gente que não gosta desse tipo de passeio quando viaja, pois traz a tona histórias fatais e tristes…

É verdade gente….é impactante demais, como eu mesma coloquei no meu registro de visita,… mas é incrivelmente humano e verdadeiro…

Sim, ocorreu….ali, com aquelas pessoas, e com tantos outros judeus durante aquele tempo…. e vamos ignorar isso? Negativo…

É triste, sim, mas eu recomendo a todos que lá estejam, considerando um passeio imperdível pela cidade.

Bastou eu colocar o pé (umzinho dos 2) pra dentro da casa, que virou um museu para visitação, que comecei a chorar incansavelmente, afinal de contas o lugar é aonde tudo aconteceu e está preservado, com colagens da época feitas por eles nas paredes, citações do diário, algumas louças, objetos, arquivos… tudo tão real… meio atemporal, sabe?!

Não é a toa que a fila para comprar o ingresso demora 1:30 hs. Sim gente, é isso mesmo…. mas o lugar fica aberto até as 21:00 hs. e, no meu ponto de vista, vale a pena cada minuto de espera.

O valor para a entrada é de 9,00 (nove) euros e pode também ser comprado pela internet, com algumas limitações.

Não é permitido tirar fotos dentro da casa mas, com certeza, a visita está para sempre gravada em minha memória, como certamente na de todas as pessoas que até lá foram.

Portanto, se você estiver em Amsterdam vá conhecer “ao vivo” o lugar onde a história verdadeira ocorreu, a Casa da Anne.

Localização: canal Prinsengracht, nºs 263-267, no centro de Amsterdam.

E você? Já esteve na Casa da Anne, no Anexo Secreto? O que achou da experiência? Conta pra gente nos comentários.

E aproveite para “pinar” essa ideia e consultar essa dica de viagem quando quiser:

Conheça a Casa da Anne Frank em Amsterdam

Conheça a Casa da Anne Frank em Amsterdam