Como é viajar no Costa Diadema, navio da Costa Cruzeiros?

Como é viajar no Costa Diadema, navio da Costa Cruzeiros?

Será que vale a pena?

Estive presente num mini cruzeiro de 4 dias e 3 noites no Costa Diadema e vou contar para vocês como é fazer um cruzeiro marítimo nesse navio.

Costa Diadema saindo de Santos
Costa Diadema saindo de Santos

O navio Costa Diadema

O Costa Diadema, como já disse, é um navio da Costa Cruzeiros, Cia Marítima italiana já existente a muito tempo no mercado, já tendo feito inúmeras viagens pelo Brasil.

O navio Costa Diadema foi construído em 2014, comporta 4947 passageiros + 1253 tripulantes, possui 2858 cabines, e tem 306 metros de comprimento. É o maior da frota até então.

O nome “Diadema”, segundo o wikipedia, significa “tiara ou coroa utilizado pela realeza”.

Interessante, né?

E o que tem dentro dele?

Viajar no Costa Diadema
Viajar no Costa Diadema
Viajar no Costa Diadema
Viajar no Costa Diadema
Viajar no Costa Diadema
Viajar no Costa Diadema

O que tem no navio Costa Diadema?

Como a maioria dos navios de cruzeiro, o Costa Diadema tem:

  • teatro
  • piscinas – são duas, uma central que com o teto retrátil vira piscina coberta e um outra piscina que fica na popa do navio
  • jacuzzis – algumas jacuzzis espalhadas pelo navio
  • vários restaurantes e bares – existem os restaurantes tradicionais, em que as refeições estão incluídas no pacote de cruzeiro, um mais formal e o outro que fica na área da piscina, sendo mais informal, mas tem também restaurantes pagos extra pacote como pizzarias, restaurantes com opção de comida japonesa, carnes, etc.
  • cassino
  • lojas
  • vários salões para festas e apresentações e um espaço destinado a balada
  • quadra de basquete
  • espaço teen
  • espaço para crianças, inclusive em área molhada, com brinquedos ao ar livre
  • spa
  • academia
  • salão de beleza
  • espaço de vinho
  • espaço de carteado
  • pista de corrida
Cassino Costa Diadema
Cassino Costa Diadema
Cassino Costa Diadema
Cassino Costa Diadema
Lojas no Costa Diadema
Lojas no Costa Diadema – no momento da foto elas estavam fechadas

Como é viajar no Costa Diadema?

Como todas as viagens de navio, sou suspeita para falar a respeito pois amo fazer um cruzeirinho por aí, por mais “mini” que ele seja e posso dizer que sim, viajar no Costa Diadema vale a pena!

Curti muito fazer fazer um mini cruzeiro no Costa Diadema, só não mais pois acabou rápido, recomendando a todos a experiência.

Alguns pontos destaco aqui para vocês…

O cartão de bordo no Costa Diadema

Já fiz um post específico sobre o que é e para que serve o cartão de bordo, sendo que no Costa Diadema, diferente de outros navios, os navegantes só tem acesso a ele quando entram na cabine, que só foi liberada às 14 hs.

A partir das 14 hs., a cabine foi liberada e o cartão de bordo estava em cima da cama e a partir do momento em que todos estivessem com ele em mãos, deveriam se dirigir a uma das caixinhas eletrônicas que tinham espalhadas pelo navio para vincular um cartão de crédito a ele para os gastos a bordo.

Essa habilitação deveria ser feita por todos os navegantes até 48 horas a partir do embarque sob pena de ser travado o funcionamento do cartão.

No Costa Diadema você poderia vincular ao cartão de bordo apenas cartão de crédito internacional ou fazer caução em dólar – mínimo de 150 dólares. Cartão de débito NÃO estava sendo aceito.

Gostei da praticidade de nós mesmos fazermos a habilitação nas máquinas existentes pelo navio mas, em contrapartida, achei desagradável o fato do cartão de bordo estar disponível só na cabine e a cabine apenas disponível aos navegantes a partir das 14 hrs., pois isso fez com que quem embarcou antes desse horário, como eu por exemplo, não pudesse pegar nenhuma bebida antes disso, nem mesmo para acompanhar na hora do almoço. Ponto negativo ressaltado aqui.

OBS: água em copos eram servidas de forma gratuita.

A comida no Costa Diadema

De uma maneira geral gostei muito das opções de refeições a bordo, seja no restaurante a la carte – mais formal, que funcionava no almoço, café da manhã e jantar com horários pré determinados – ou mesmo no restaurante que ficava na área da piscina – mais informal, com comidas a disposição em vários horários durante o dia e a noite.

Apesar de existirem várias opções de restaurantes pagos, não estive em nenhum para falar a respeito.

No restaurante a la carteRestaurante Fiorentino

As refeições eram servidas à mesa, com um menu já pré estabelecido pelo chefe, em que você tinha a opção de escolher uma entrada, um prato principal, uma sobremesa, além da cesta de pães que também era colocada na mesa todos os dias.

Durante o meu mini cruzeiro teve entradinhas apetitosas e bem montadas, pratos principais que variaram entre carne, peixe e massas, além de doces saborosos de sobremesas, ou mesmo frutas e sorvetes.

Restaurante Fiorentino
Restaurante Fiorentino

Alguns dos pratos servidos no Restaurante Fiorentino do Costa Diadema:

Entradinha com camarão
Entradinha com camarão
Entradinha de frios
Entradinha de frios
Prato principal com filé e batata
Prato principal com filé e batata
Strognoff de prato principal
Strognoff de prato principal
Pudim de leite sobremesa
Pudim de leite sobremesa
Bolo de chocolate
Bolo de chocolate

No restaurante 24 horas – Lido Diana

As opções eram servidas em buffet pelos “tripulantes garçons” do navio. Isso aconteceu por causa da pandemia, pelos protocolos de higiene, pois normalmente nesse tipo de restaurante nós mesmos que nos servimos – self service.

Nesse restaurante também encontrei opção de tudo quanto é tipo e para todos os estômagos viajantes de plantão, tendo até camarão em um dos dias a bordo.

restaurante 24 horas Costa Diadema
viajar no Costa Diadema
restaurante 24 horas Costa Diadema
restaurante 24 horas Costa Diadema
restaurante 24 horas Costa Diadema
restaurante 24 horas Costa Diadema
restaurante 24 horas Costa Diadema
restaurante 24 horas Costa Diadema

Ponto negativo nesse restaurante: na maioria dos cruzeiros, vários lotes de balcões de refeição ficam disponível aos navegantes, com a mesma opção de comida e isso faz com que as filas sejam menores, naturalmente, pois você pode pegar “arroz” ´por exemplo, em mais de um balcão.

Isso NÃO aconteceu no Costa Diadema, onde apenas um lote de balcão de refeição estava em funcionamento e sendo servido pelos garçons, o que fez com que as filas ficassem além do comum em horários de pico.

O sistema de refeições no Costa Diadema é o “pensão completa”

Isso significa dizer que já estão incluídas no valor do seu pacote de cruzeiro, com exceção das bebidas – essas são pagas a parte.

Você tem a opção de adquirir pacotes de bebidas a bordo, alcoólico ou não, mas, na minha matemática, pelos dias que eu estaria embarcada no Costa Diadema não valia a pena, tendo eu optado por pagar as bebidas consumidas a parte e de forma isolada mesmo. Mas se você for beberrão, vale a pena adquirir.

Valor do pacote de bebidas alcoólico no Costa Diadema = U$ 170, 00 por pessoa – ref. 04/2022.

Saiba a diferença entre pensão completa e all inclusive.

Entretenimento no Costa Diadema

Vou começar falando do que mais gostei: os shows no Teatro, que cada dia contava com uma apresentação diferente.

Posso dizer que assisti a um dos melhores espetáculos que já vi a bordo de algum navio de cruzeiro – um show de acrobacia com um elenco de Ucranianos. Foi realmente um show!

Teatro Costa Diadema
Teatro Costa Diadema
show de acrobacia no Teatro viajar no costa diadema
show de acrobacia no Teatro

Você também vai encontrar para se entreter a bordo do Costa Diadema, além das piscinas e jacuzzis, cassino, aulas de dança, ginástica, bingo, bandas tocando todos os dias nos vários salões com bares espalhados pelo navio, festas temáticas e também o Dj tocando todas as noites na área da piscina.

Piscina Costa Diadema
Piscina – viajar no Costa Diadema
Piscina de popa Costa Diadema
Piscina de popa Costa Diadema

As festas temáticas que aconteceram nessa minha viagem com o Costa Diadema foram: festa do branco, anos 70 e anos 80.

Festa do Branco Costa Diadema
Festa do Branco Costa Diadema
viajar no costa diadema
Festa do Branco

Clique aqui e saiba mais sobre as festas/noites temáticas.

As cabines do Costa Diadema

Como em todos os navios, os tipos de cabine são: interna, externa, com varanda e suítes.

Viajei numa cabine com varanda e curti muito.

cabine com varanda Costa Diadema
cabine com varanda Costa Diadema

É verdade que todas as cabines possuem mais ou menos um padrão de tamanho, mas gostei bastante da experiência que tive na minha do Costa Diadema.

Clica no vídeo abaixo e bora para um tour nela comigo…

Viajar no Costa Diadema ou em outros navios?

Como disse lá no início, curti bastante o meu mini cruzeiro no Costa Diadema, recomendando a todos a experiência.

Se me perguntarem se eu voltaria a fazer um cruzeiro nele a resposta é sim, faria, entretanto existem muitos outros navios que ainda quero e vou conhecer antes de voltar ao Costa Diadema, até mesmo para relatar a minha experiência, com pontos negativos e positivos aqui para vocês, para que todos fiquem cientes do que vão encontrar a bordo antes de embarcar.

E você? Viajou no Costa Diadema? O que achou da viagem e do navio? Conta aqui nos comentários do blog.

Salve essa dica no seu pinterest:

Como é viajar no costa diadema?

E se quiser viajar comigo no Costa Diadema e constatar (ou não rs…) tudo isso, é só dar um play nos vídeos abaixo:

Compartilhe este post:

Deixe um comentário